sábado, 27 de julho de 2013

Tem momentos em que somos calados pela vida, momentos estes em que a mesma nos espreme até a ultima gota de lágrima que umedece os nossos olhos. É triste. É triste, mas você continua forte, desabar não é o problema, vai se tornar um problema a partir do momento em que você não tiver coragem para construir novamente e mais resistentemente o que foi destruído. Perceba a sua força e levante-se. Não é todo mundo que suporta e encara de frente a dor de perder alguém que muito se ama. Não é qualquer um que tem sangue para suportar a pressão psicológica causada na fusão entre o ódio e o amor. Não é fácil passar por sua amada e você ter que fingir que não a conhece, quando a vontade é de abraça-la. Porém, você se controla, e essa é a questão, o controle torna você forte. Lembra que uma mentira contada 100 vezes torna-se uma verdade? Muito bem! Não perca o controle, um dia as coisas acontecerão naturalmente sem que você precise se controlar ou forçar, a questão é o costume. Se acostume com a dor, mais tarde, a proporção será menor. Se acostume com o amor, com o sentimento que você carrega, quando você menos esperar, ele já passou. Mas apenas se acostume, não se entregue a esse sentimento, nem a essa dor, porque o sofrimento acontece através da entrega. Perceba-se. Entregue-se. Afinal, a vida e o mundo não são compostos apenas por isso, existem milhares de coisas boas, outras pessoas, outros amigos, outros amores, basta você e cabe a você querer enxerga-los ou não. "Senta e espera, ou melhor, viva e espere o sol vir novamente iluminar o outro dia. Na frente, sempre existe algo melhor, pode ter certeza." (M.F.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário