terça-feira, 23 de abril de 2013

Eu posso procurar 100 significados para as palavras que uso, que falo, mas nunca encontrarei sinônimos para substituir ou tentar explicar o meu sentimento por ti. De repente, se a alma tivesse voz, ela pudesse falar dos ventos frios que escorregam pelo meu corpo provocando calafrios quando eu tento decifrar ou imaginar o teu cheiro. Talvez, ela pudesse revelar as urgências clamadas pelos meus instintos no desejo de sentir o calor da sua presença. Talvez, a voz da minha alma pudesse gritar sobre os segredos de lágrimas derramadas em dias de tempestades sombrias e escuras, talvez até, ela pudesse escancarar ou calcular em frações o comprimento, a largura , o tamanho e o volume da dor que encena cortes mortais nela mesma, em apenas eu imaginar como seria um dia ou o restante da minha vida sem a doçura da essência de uma beleza profunda registrada em delicados traços de uma doce menina, quase mulher. A alma não tem voz, mas me permite sentir, e sentir das piores ás melhores sensações e emoções, se é que com você existem piores, tudo que trata-se de você se converte em maravilha, quase perfeição. Preciso eu de significados exatos para expressar sentimentos tatuados no brilho dos meus olhos ao pensar em você? Pra quê 100 significados, se tenho 1.001 motivos para, apenas, TE AMAR?

Nenhum comentário:

Postar um comentário