quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Desordem é o meu sobrenome. Vivo o irreal, encontro o bem no ilegal, pois, nem sempre, o que não é permitido, idolatra o que é mal. (Maria de Fátima)

Nenhum comentário:

Postar um comentário